Relatório FOCUS: O que é isso?

No artigo de hoje, vamos falar sobre um dos relatórios mais importantes do mercado brasileiro. Acho que podemos utilizar a própria definição do site do Banco Central para descrevê-lo: “O Relatório Focus resume as estatísticas calculadas considerando as expectativas de mercado coletadas até a sexta-feira anterior à sua divulgação. Ele é divulgado toda segunda-feira. O relatório traz a evolução gráfica e o comportamento semanal das projeções para índices de preços, atividade econômica, câmbio, taxa Selic, entre outros indicadores. As projeções são do mercado, não do BC.”

– Augusto, mas isso é relevante para mim? 

Se você tem interesse em saber a expectativa de PIB, taxa de câmbio, IPCA e taxa Selic, certamente será relevante.

– Augusto, não sei se tenho interesse, será que faz sentido para mim? 

Se gostaria de entender a alocação que seu assessor apresentar para você ou, até mesmo, montar o seu portfólio com mais confiança, vale ver esse relatório semanal!

Assim que você baixar o relatório na página do Banco Central, verá esta página:

Nessa primeira página, já é possível visualizar a mediana das análises de vários indicadores, sendo que os mais relevantes se encontram em negrito. Logo, IPCA, PIB, Taxa de câmbio e Taxa Selic estarão em negrito, com projeções para final de 2019, 2020, 2021 e 2022. Também é possível verificar, pelos gráficos, como a expectativa dos analistas foi mudando ao longo das semanas que se passaram.

Vamos olhar para os principais indicadores e fazer uma breve interpretação:

  • IPCA. Este é o índice de preços ao consumidor amplo. Ele é o indicador de inflação do consumidor mais importante do país e serve para termos uma ideia de quanto o custo de vida aumentou nos últimos 12 meses, por exemplo. Quando esse valor está muito baixo, acaba sendo um facilitador para termos uma menor taxa básica (taxa Selic).

  • PIB. É Produto Interno Bruto. Um indicador que mostra como a atividade econômica está se comportando. Se estamos em um ano de baixo ou alto crescimento econômico.

  • Taxa de Câmbio. Serve para vermos a cotação US$/R$. Importante para sabermos quanto nossa moeda está valendo. Quando nossa moeda está muito desvalorizada, isso é positivo para as exportações.

  • Taxa Selic. É a taxa básica da economia brasileira. Quanto mais baixa ela for, mais barato fica o crédito. Essa taxa básica reflete em todas as outras taxas de renda fixa da economia.

Além desta primeira página, também encontramos no relatório FOCUS a previsão do TOP 5, que são as casas/analistas que mais acertam suas previsões. Isto é interessante visualizar, pois o grupo TOP 5 costuma, muitas vezes, ser o primeiro a sinalizar mudança nas expectativas. Veja abaixo:

E aí? Preparado para acompanhar semanalmente esse relatório?

Você pode contar com nossa assessoria exclusiva para investir através da XP Investimentos. Vamos conversar?