Portal do Investimento

Bem-vindo, Investidor

Complete seu cadastro e
acesse ferramentas exclusivas

A taxa de administração do seu fundo é alta?

por Augusto Andréa

Essa é uma dúvida muito comum entre os investidores iniciantes, principalmente quando é a primeira vez que se está investindo em um Fundo de Investimento. Diferentemente da renda fixa tradicional, essa modalidade de investimento contempla taxa de administração e performance, que nada mais é do que a forma como o gestor do Fundo será remunerado. Mas como saber se a sua taxa de administração é alta?

Antes de tudo, é importante entender como funciona a taxa de administração dos Fundos de Investimento. Dois pontos precisam ser compreendidos:

1 - Ela incidirá sobre todo o capital investido.

2 - Ela será expressa em percentual ao ano.

Exemplo: caso você invista R$10.000,00 em um Fundo de renda fixa com uma taxa de administração de 0,2% ao ano, isso significa que você estará pagando R$20,00 por ano para a gestão do Fundo.

Além da taxa de administração, existe uma taxa muito comum em Fundos de Investimento, que é a taxa de performance. Essa taxa busca alinhar o cotista ao gestor do Fundo, dado que o último só recebe essa remuneração caso o Fundo performe melhor que o seu índice de referência (benchmark).

Exemplo: um Fundo de Ações com taxa de performance de 20% sobre o índice de referência, que, no caso, seria o Ibovespa. Isso quer dizer que, se o Fundo render 150% e o Ibovespa render 100%, 20% dessa diferença de 50 pontos percentuais ficaria com o gestor, ou seja, 10%.

A seguir, temos um quadro com as taxas mais praticadas nos três principais tipos de fundo:

A ideia do quadro é só passar um valor de taxa de administração amplamente utilizado no mercado, mas que não é uma regra. Vale ainda uma observação: Fundos de Renda Fixa com taxa de administração de 2-3% ao ano podem ser encontrados em alguns bancos grandes, o que é algo completamente fora de realidade atual de taxa Selic de 2% ao ano. Nos Fundos de Renda Fixa, um bom fundo deve render, pelo menos, o benchmark, ou seja, 100% CDI.

Veja também no quadro que os Fundos de Ações / Multimercados têm taxas mais altas que os de renda fixa. Isso ocorre pela complexidade da gestão e pelo potencial de retorno.

Mas, então, a taxa do seu fundo é alta ou baixa?

As orientações descritas lhe auxiliam a ter uma ideia das taxas mais praticadas no mercado, mas só isso não quer dizer nada. Pense no seu Fundo de Investimento como se você estivesse contratando um serviço. Por exemplo, sabemos que um médico que tenha vários artigos publicados e experiência tende a cobrar uma consulta mais cara do que um jovem médico. Qual é a melhor opção neste caso? Apesar de ser mais caro, o médico mais renomado, neste caso, tende a lhe oferecer uma consulta melhor. No caso dos Fundos de Investimento, o melhor atendimento será refletido em uma melhor rentabilidade líquida.

O que importa para o investidor é ter maior retorno líquido do Fundo ao final do seu investimento. Se um Fundo cobra taxa de administração de 4% ao ano e taxa de performance de 40% ao ano, mas lhe entregou (com o mesmo risco do outro)  uma rentabilidade líquida que é o dobro do fundo de taxa de administração de 2% ao ano e taxa de performance de 20%, qual é o melhor fundo? O primeiro! Veja que o primeiro Fundo tem taxa de administração e performance mais altas, mas ele lhe entregou uma rentabilidade líquida maior do que o outro com menores taxas.

Atualmente, é muito fácil medir isso, basta você comparar dois Fundos por um tempo suficientemente grande (36 meses ou 60 meses, por exemplo). Se eles tiverem o mesmo risco (volatilidade), é possível ter um indício muito forte de qual fundo seria a melhor escolha de investimento.

É possível utilizar alguns sites para fazer essa comparação:

Verios

XP Investimentos

No exemplo a seguir, vemos dois fundos sendo comparados. Observe que o fundo verde teve rentabilidade melhor, com um risco menor, nos últimos 36 meses.

E qual a taxa de administração de um e de outro? Não sei e nem preciso saber, pois a rentabilidade líquida de taxa de administração e performance já me responderam. É importante salientar que não é necessário você fazer o cálculo das taxas sobre a rentabilidade da cota do fundo, pois isso já é feito automaticamente. Como a taxa de administração é provisionada todos os dias pelo Fundo de Investimento, você já tem acesso à rentabilidade do fundo com essa taxa já descontada, assim como no caso da taxa de performance (quando aplicável). Tanto nas lâminas dos fundos quanto nos comparadores essas taxas já estarão líquidas. A única coisa que faltará descontar é a alíquota do imposto de renda.

E aí? Seu fundo é bom? Acredito que este artigo o ajudou a ter melhor visualização dessas taxas. Ainda assim, caso tenha dúvida, contate seu assessor para auxiliá-lo.

Encontre as melhores maneiras de conquistar seus objetivos de investimentos.

Augusto Andréa

Augusto Andréa

Mestre em economia pela UFRJ com graduação pela PUC-Rio e MBA em Gestão de Investimentos.