Como investir em um IPO (abertura de capital)?

Como participar

Ao contrário do que poderíamos acreditar quando pensamos em IPO, é possível para investidores de qualquer porte comprar ações logo no seu lançamento. Não é necessário possuir um grande capital, mas apenas conhecimento de como tudo funciona.

O primeiro passo é o investidor possuir conta na corretora ou banco que esteja participando daquele IPO. Normalmente, as corretoras informam em seu site e também por e-mail os IPOs que irão acontecer. Fazem isso para que todos os seus clientes interessados em investir em IPO possam se preparar. Assessores de investimento também avisam seus clientes desses IPOs.

O investidor interessado tem, então, acesso a um documento que apresenta todas as informações necessárias para que possa tomar sua decisão de investimento.

Nesse documento, poderá avaliar a saúde financeira da empresa, conhecer seus concorrentes, o mercado onde atuam e o que a empresa vai fazer com o dinheiro captado.

Além disso, nesse documento, o investidor é informado sobre os valores mínimo e máximo para a aquisição daquelas ações. O processo de precificação de uma ação é complexo e feito por diversos profissionais especializados nesse tipo de cálculo. O resultado desse processo, chamado de valuation, será um intervalo de preços de aquisição – mínimo e máximo – que será informado aos investidores.

Uma vez decidido a participar, o investidor deve fazer uma reserva das ações junto à corretora, dizendo, dentro daquela faixa preestabelecida, qual preço máximo aceita pagar por aquela ação e quanto deseja investir.

Depois do período de reserva, acontece a definição do valor de lançamento das ações, conhecido também como book building.

A oferta do investidor será aceita se o preço que ele, investidor, informou for maior ou igual ao preço definido no book building. Nesse caso, o investidor terá o direito de comprar pelo preço estipulado no book building.

Exemplo:

Cenário 1

O investidor declarou que está disposto a pagar até R$ 18,00 pela ação.

O book building estipulou o preço da ação em R$ 15,00.

O investidor poderá comprar a ação pelo preço estipulado de R$ 15,00.

Cenário 2

O investidor declarou que está disposto a pagar até R$ 13,00 pela ação.

O book building estipulou o preço da ação em R$ 15,00.

O investidor não poderá participar do IPO e não terá direito de comprar a ação antes do seu lançamento.

Uma vez terminado o processo de reserva e o investidor sendo aceito no processo de aquisição, ele deverá deixar uma reserva em garantia pela sua compra futura. Essa garantia pode ser oferecida em dinheiro, títulos públicos ou, até mesmo, em ações de sua carteira.

Caso existam muitos investidores interessados em determinado IPO, pode haver um rateio entre os participantes. Nesses casos, pode ocorrer uma alteração para menor na quantidade desejada pelo investidor. Ele pode, por exemplo, solicitar reserva de, digamos, 10.000, mas, no rateio, ter direito a adquirir uma quantidade menor.

No primeiro dia de comercialização, as ações compradas passarão a ser propriedade do investidor e o valor integral pago por elas irá para a empresa lançadora dos papéis.

Sendo as ações de sua propriedade, o investidor poderá fazer o que quiser com elas. Isso inclui algumas estratégias que serão abordadas na próxima aula.

Encontre as melhores maneiras de conquistar seus objetivos de investimentos. Junte-se ao Portal do Investimento!

Finalize seu cadastro para ter acesso a este e outros conteúdos do Portal do Investimento!

Começar Agora

Teste seu aprendizado

Que tipo de investidor pode comprar ações no IPO?
menu