O que nos impede de enriquecer?

Sua mente, seu destino

Ficar rico é muito simples. A fórmula para ficar rico está entre as mais elementares possíveis e está ao alcance de qualquer pessoa que possua alguma renda.

Fórmula para ficar rico

· Viva com menos dinheiro do que você ganha.

· Poupe uma parte do seu ganho.

· Invista em produtos e ativos financeiros que proporcionem renda acima da inflação.

· Faça aportes mensais.

· Reinvista integralmente os rendimentos das suas aplicações financeiras.

· Não tire o dinheiro de suas aplicações para gastos desnecessários.

· Repita o processo até ficar rico.

Se você conseguir fazer isso de maneira sistemática e disciplinada, ficará rico.

Neste momento você deve estar pensando em duas coisas:

- Se fosse assim fácil, todo mundo estaria rico. Ou

- Ninguém faz isso.

Pois é, por isso mesmo é que poucos ficam ricos.

A fórmula é matemática básica: juros compostos mais aportes geram crescimento exponencial do volume financeiro aplicado. Quanto mais dinheiro, mais renda. E quanto mais renda, maior o volume aplicado. E isso cresce sem parar. Simples assim!

O grande problema para que alguém seja capaz de fazer isso de maneira diligente reside em nossas emoções – este é o grande entrave.

Nossa mente foi construída para que busquemos o prazer e evitemos a dor. E evitamos a dor geralmente nos dando algum prazer. Esse prazer pode vir através de pequenos presentes, pequenas idas ao shopping, pequenas compras de baixo valor que, quando somadas, resultam em um montante considerável.

Muitas vezes, estamos tristes, ansiosos ou irados, e usamos pequenas compensações materiais para aliviar aquela sensação de desconforto causada pelas pequenas (ou grandes) frustrações da vida.

Outras vezes, queremos usufruir de um estilo de vida incompatível com nossa renda – quantas vezes compramos um carro zero quilômetro financiado em dezenas de parcelas e ainda por cima arranjamos todos os argumentos do mundo para justificar aquela compra.

Claro que não é necessário ter uma vida espartana e comprar somente comida, roupas e remédios, não se trata disso. Mas é preciso ter a consciência de quais gastos são realmente necessários e quais poderão ser postergados em nome de um benefício futuro e perene.

O conhecido livro Pai Rico, Pai Pobre oferece uma definição bastante interessante sobre ativo.

Diferentemente da definição contábil, Ativo é tudo aquilo que põe dinheiro no seu bolso, e Passivo é tudo aquilo que tira dinheiro do seu bolso.

Por exemplo, a menos que você seja um motorista profissional, seu carro é um passivo.

O problema é que a maioria de nós emprega a maior parte das nossas economias na compra de passivos.

Tudo bem comprar passivos, temos que desfrutar a vida. Mas será bastante produtivo se pegarmos uma parte de nossa poupança e começarmos a comprar Ativos, coisas que põem dinheiro em nosso bolso. Com o tempo e com a repetição desse processo, teremos formado um patrimônio que terá o poder de gerar renda perene. E será com essa renda que nunca acaba que poderemos comprar os passivos que quisermos, já que a renda para pagá-los nunca mais faltará.

Percebemos então que ficar rico depende de uma postura mental, de um modo de enxergar o mundo do dinheiro, dos gastos e dos investimentos.

E uma vez que você entende esse fato, adquirirá uma enorme disposição para cumprir a fórmula do enriquecimento descrita no início desse texto.

Pense nisso!

Encontre as melhores maneiras de conquistar seus objetivos de investimentos. Junte-se ao Portal do Investimento!

Finalize seu cadastro para ter acesso a este e outros conteúdos do Portal do Investimento!

Começar Agora

Teste seu aprendizado

Em que consiste a fórmula da riqueza?
menu